Quais são os procedimentos de harmonização facial?

Quais são os procedimentos de harmonização facial?

Por: - Cirurgião Plástico e Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - CRM/SC 8130 RQE 2674
Publicado em 05/06/2019

A harmonização facial consiste em uma combinação de técnicas e procedimentos estéticos que visam criar uma melhor harmonia entre os elementos do rosto e, assim, deixá-lo mais simétrico. Através da harmonização facial, é possível tanto realçar pontos quanto melhorar alguns aspectos e expressões que estejam em desequilíbrio, incluindo marcas de envelhecimento.

Neste artigo, você vai conhecer quais os fatores que podem ser melhorados com a harmonização facial e a lista de procedimentos mais realizados.

Ouça este conteúdo:

 

Quais os benefícios da harmonização facial e quando ela é indicada

Existem diversas melhorias que podem ser realizadas através da harmonização facial. Entre elas, as mais comuns são:

  • funções e expressões de músculos faciais;
  • marcas de expressão;
  • bigode chinês;
  • definição de mandíbula;
  • imperfeições no nariz;
  • olheiras;
  • papada;
  • tamanho do queixo e testa.

De maneira geral, o procedimento é recomendado para pessoas que não estão satisfeitas com a sua aparência ou que consideram que alguns pontos não estão harmônicos com o restante do rosto.

A harmonização facial também é muito requisitada por pessoas mais velhas que, devido à ação do tempo, estão com sua pele mais flácida e com ângulos e contornos menos definidos.

Conheça, a seguir, quais são os procedimentos mais indicados para melhorar esses aspectos.

Quais as principais técnicas de harmonização facial

1 – Bichectomia

Bichectomia é um procedimento cirúrgico que remove parte da gordura acumulada na região das bochechas, visando modificar ou afinar o contorno facial. Essa técnica é recomendada não apenas para fins estéticos, mas também para quem morde com frequência as bochechas ao mastigar.

Por se tratar de uma cirurgia leve, costuma ser realizada no próprio consultório com anestesia local.

2 – Toxina botulínica

Conhecida popularmente como botox, trata-se de uma técnica de harmonização facial que consiste na injeção da toxina em músculos específicos a fim de minimizar temporariamente linhas de expressão, rugas e pés de galinha.

Geralmente, a aplicação dura menos de 15 minutos e a quantidade de injeções que deve ser aplicada depende de características pessoais da paciente. Os resultados são visíveis após alguns dias e podem durar de quatro a seis meses.

3 – Preenchimento

Trata-se de uma técnica injetável, cuja substância mais utilizada é o ácido hialurônico, que é indicada nos seguintes casos:

  • aumentar lábios;
  • melhorar contornos superficiais;
  • suavizar ou eliminar rugas;
  • corrigir sulcos;
  • melhorar a aparência de cicatrizes.

As aplicações duram alguns segundos por local e poucos minutos ao todo. Por se tratar de um procedimento que não estanca o processo de envelhecimento, com o tempo, o preenchimento vai perdendo seu efeito, sendo necessária uma nova aplicação.

Os procedimentos que são utilizados dependem das necessidades individuais do paciente. Assim, é fundamental realizar uma avaliação dos traços faciais e da estrutura da pele com um cirurgião plástico experiente e devidamente habilitado para realizar a harmonização facial.

Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais!

Conteúdo revisado por:
Cirurgião Plástico e Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - CRM/SC 8130 RQE 2674

Formado em medicina pela UFSC e mestre em Cirurgia Plástica pela USP, o Dr. Evandro Parente é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e presidente da SBCP-SC

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.