Peeling Químico

Peeling Químico

Exposição ao sol, acne e idade podem deixar a pele irregular, enrugada, manchada ou com cicatrizes. Se você quiser que sua pele pareça mais suave e jovem, considere o peeling químico, que utiliza uma solução química para suavizar a textura da pele, removendo as camadas exteriores danificadas.

Embora peelings químicos sejam utilizados principalmente na face, também podem ser usados para melhorar a pele no pescoço e nas mãos.

Procedimento

Peeling Químico Superficial e Médio

  • seu rosto deve estar limpo,
  • a solução química é espalhada em sua pele e permanece por até 10 minutos. Você pode sentir leve ardor,
  • o peeling químico é, então, removido e neutralizado.

Retorne, uma vez por mês, para manter a pele tratada.

Peeling Químico Profundo

O peeling químico profundo geralmente envolve algum tipo de pré-tratamento por até oito semanas. Esta etapa do tratamento irá preparar sua pele para o peeling e acelerar o processo de cicatrização. O pré-tratamento pode incluir o uso de medicamento derivado da vitamina A, com a finalidade de afinar a camada superficial da pele, permitindo que a solução química penetre de forma mais uniforme e profunda. Se você não for tolerante a este pré-tratamento, o médico poderá prescrever outras opções.

  • Você será submetido à sedação. Um anestésico local será aplicado no seu rosto.
  • Seu rosto será limpo.
  • O fenol é espalhado sobre a área e pode permanecer de 30 minutos, até duas horas. O produto químico é neutralizado com água.

Depois de deixar a pele descansar por uma hora, uma espessa camada de vaselina é aplicada sobre a pele, cobrindo as crostas que se desenvolveram. A vaselina deve permanecer no local por até dois dias. Ocasionalmente, o médico vai optar por cobrir a pele com tiras de fita adesiva com abertura para os olhos e boca, em vez de aplicar a camada de vaselina. O médico optará por escolher esta abordagem se você tiver rugas severas.

Recuperação

Peeling Químico Superficial

É provável que você apresente certa vermelhidão, descamação da pele, ardor e irritação. Após tratamentos repetidos, estes efeitos secundários, provavelmente, diminuem.

Outros riscos incluem:

  • hiperpigmentação. A nova pele pode ter muito pigmento, podendo aparecer manchas acastanhadas devido à exposição à luz solar. Sendo assim, use sempre protetor solar com fator alto de proteção,
  • infecção.

Peeling Químico Médio

Quando o ácido tricloroacético é usado em procedimento de peeling químico médio, você experienciará vermelhidão, ardor e descamação da pele como um peelingquímico superficial. Embora estas substâncias não branqueiem sua pele, algumas mudanças de cor podem ocorrer. Pede-se que evite o sol durante vários meses para proteger a nova camada de pele.

Outros riscos incluem:

  • hiperpigmentação (manchas acastanhadas), podendo acontecer até mesmo com uso de protetor solar,
  • vermelhidão, que ocorre em todas as pessoas após a descamação, podendo levar mais do que alguns meses para abrandar em algumas pessoas,
  • cicatrizes permanentes é outro risco, porém, pouco frequente.

Peeling Químico Profundo

O produto químico usado para este tipo de peeling, o fenol, clareia a pele. O seu tom de pele pode ser um fator determinante para saber se este é, ou não, um tratamento adequado para você. Com este tipo de peeling, sua nova pele pode perder a capacidade de desenvolver pigmento (bronzeado). Será sempre necessário proteger sua pele do sol. O fenol também pode representar um risco especial para pessoas com doença cardíaca. Certifique-se de informar seu médico sobre quaisquer problemas cardíacos e colocá-los em seu histórico médico. Outros riscos incluem:

  • vermelhidão, que pode durar de três a quatro meses,
  • cistos ou manchas brancas podem aparecer com um peeling profundo e podem durar várias semanas,
  • cicatriz é um risco freqüente,
  • algumas áreas de sua pele podem perder pigmento permanentemente,
  • hiperpigmentação (manchas acastanhadas), podendo aparecer até mesmo com o uso do protetor solar.

Um peeling químico profundo requer que você tenha tempo de recuperação adequado. Você pode retornar ao trabalho e a algumas de suas atividades normais duas semanas após o tratamento. Durante este tempo, sua pele já tolera o uso de maquiagem.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica