Mamoplastia de Aumento

Mamoplastia de Aumento

Também conhecida como mamoplastia de aumento, a cirurgia de aumento de mama utiliza implantes para dar volume aos seios ou restaurar o volume mamário perdido após perda de peso ou gravidez.

É certo para mim?

A mamoplastia de aumento é um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesma, não para satisfazer a vontade de alguém ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

O aumento de mama pode ser uma boa opção para você se:

  • você estiver fisicamente saudável,
  • você tiver expectativas realistas,
  • seus seios estiverem totalmente desenvolvidos,
  • você estiver incomodada com a sensação de que seus seios são muito pequenos,
  • você estiver insatisfeita com seus seios devido à perda de forma e de volume após a gravidez, à perda de peso ou ao envelhecimento,
  • seus seios diferirem em tamanho ou forma,
  • uma ou ambas as mamas não se desenvolveram normalmente.

Preparando-se para a cirurgia de aumento de mama

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

  • fazer exames laboratoriais ou avaliação médica,
  • tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,
  • fazer uma mamografia antes da cirurgia e outra após a cirurgia para ajudar a detectar quaisquer mudanças futuras no tecido mamário,
  • parar de fumar com bastante antecedência à cirurgia,
  • evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

Procedimento cirúrgico

O que acontece durante a cirurgia de aumento da mama?

Etapa 1 – Anestesia

Medicamentos são administrados para o seu conforto durante a cirurgia de aumento de mama. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Incisão

As incisões são feitas em áreas discretas para ajudar a minimizar que a cicatriz fique visível. Você e seu cirurgião plástico irão discutir quais opções de incisão são apropriadas para o resultado que deseja. As opções de incisão incluem:

  • incisão inframamária,
  • incisão transaxilar,
  • incisão periareolar.

As incisões variam com o tipo de implante, o volume desejado, as particularidades anatômicas e a preferência do cirurgião.

Etapa 3 – A escolha dos implantes

O tamanho e a forma dos seios são importantes. Converse com seu cirurgião sobre suas expectativas. O tipo e o tamanho do implante serão determinados não apenas pelo seu desejado de aumento no tamanho, mas, também, pela elasticidade da pele, anatomia e tipo físico.

Opções de implantes mamários

Implantes de silicone são preenchidos com gel coesivo. Estes implantes têm a textura muito parecida como o tecido natural da mama. Em caso de ruptura do implante, o gel pode permanecer no interior do invólucro. A ruptura de um implante de silicone não diminui a mama, logo você deve consultar seu cirurgião plástico regularmente para garantir que os implantes estejam em condições normais. Exame de ultrassom ou de ressonância magnética podem avaliar a condição do implante mamário.

Etapa 4 – Inserção e colocação do implante

Após a incisão, determina-se o local onde a prótese mamária será inserida:

  • sob o músculo peitoral (colocação submuscular),
  • diretamente atrás do tecido mamário, sobre o músculo peitoral (colocação submamária / subglandular).

O método para inserir e posicionar os implantes depende do tipo de implante, do volume pretendido, de particularidades anatômicas e de recomendações do cirurgião.

Etapa 5 – Fechando as incisões

As incisões são fechadas com suturas por camadas no tecido da mama e com suturas, colas ou adesivos para fechar a pele.

Etapa 6 – Resultados

Os resultados da cirurgia de aumento de mama são imediatamente visíveis. Com o tempo, o inchaço diminui.

Recuperação pós-operatória

Muitos pacientes têm dúvida sobre aumento de mama e o período de recuperação.

Embora muitos fatores estejam envolvidos, o período de recuperação pós-cirúrgica geralmente é de 24 a 48 horas, seguido de um período de repouso de alguns dias. Provavelmente, você irá sentir dor e inchaço por algumas semanas. Exercício físico e atividades normais serão liberados seguindo orientação de seu cirurgião plástico.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica