Lifting de Mama

Lifting de Mama

Comumente referida como cirurgia de lifting de mama, a mastopexia reposiciona a aréola e o tecido mamário, removendo o excesso de pele e comprimindo o tecido para compor o novo contorno da mama.

É indicada para mim?

É um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesma, não para satisfazer os desejos de alguém ou para tentar se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

Será uma boa opção para você se:

  • você estiver fisicamente saudável e mantiver um peso estável,
  • você não fuma,
  • você tem expectativas realistas,
  • você está incomodada com a sensação de que seus seios perderam forma e volume,
  • seus seios têm forma alongada ou estão pendentes,
  • quando não sustentado, seus mamilos se posicionam abaixo do sulco da mama,
  • seus mamilos e aréolas apontam para baixo,
  • você tem pele flácida e aréolas alargadas,
  • uma das mamas é mais baixa que a outra.

Preparando-se para a cirurgia

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

  • fazer exames de laboratório ou avaliação médica,
  • tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,
  • realizar uma mamografia de base antes da cirurgia e outra após a cirurgia para ajudar a detectar quaisquer mudanças futuras no seu tecido mamário,
  • parar de fumar bem antes da cirurgia,
  • evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e medicações naturais, pois podem aumentar o sangramento.

Etapas do procedimento

O que acontece durante a cirurgia de mamoplastia de aumento? A mastopexia pode ser realizada através de uma variedade de técnicas de incisão. A técnica adequada para você será determinada com base em:

  • tamanho e forma da mama,
  • tamanho e posição de suas aréolas,
  • grau de flacidez da mama,
  • qualidade e elasticidade da pele, bem como a quantidade de excesso de pele.

Etapa 1 – Anestesia

Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Incisão

Há três padrões comuns de incisão:

  • ao redor da aréola,
  • ao redor da aréola, verticalmente para baixo da aréola, em direção ao sulco da mama,
  • ao redor da aréola, verticalmente para baixo da aréola, em direção ao sulco da mama e, horizontalmente, ao longo do sulco da mama.

Etapa 3 – Remodelando os seus seios

Após as incisões:

  • o tecido mamário subjacente é levantado e remodelado para melhorar a firmeza e o contorno da mama,
  • o mamilo e a aréola são reposicionados,
  • se necessário, aréolas ampliadas serão reduzidas através da excisão de pele ao redor,
  • a pele em excesso é removida para compensar a perda de elasticidade.

Etapa 4 – Fechando as incisões

Após a remodelação, o excesso de pele é retirado e as incisões fechadas. Algumas linhas de incisão são escondidas nos contornos naturais da mama, no entanto, outras são visíveis na superfície da mama. Cicatrizes são permanentes, mas, na maioria das vezes, podem melhorar significativamente ao longo do tempo. As suturas são feitas em profundidade dentro do tecido mamário para sustentar os seios recém modelados. Suturas, adesivos de pele e/ou fita cirúrgica podem ser utilizados para fechar a pele

Etapa 5 – Resultados

Os resultados de sua cirurgia são imediatamente visíveis. Com o tempo, o inchaço pós-cirúrgico diminuirá e as linhas de incisão ficarão menos marcadas.

Recuperação pós-operatória

Após o procedimento, serão colocados curativos sobre as incisões. Será necessário usar uma bandagem elástica ou sutiã para minimizar o inchaço e sustentar a mama.

Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido que possam acumular após a cirurgia.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica