Lipoaspiração

Lipoaspiração

Também conhecida como lipoescultura, a lipoaspiração remodela áreas específicas do corpo, removendo o excesso de depósitos de gordura, melhorando os contornos do corpo e a proporção.

Apesar de boa saúde e da prática de exercício físico, algumas pessoas podem, ainda, ter um corpo com contornos desproporcionais devido a depósitos de gordura localizada. Estas áreas podem ocorrer devido a características genéticas, à falta de controle do peso ou de atividade física. A lipoaspiração pode ser usada para tratar acúmulos de gordura em várias partes do corpo, incluindo coxas, braços, pescoço, cintura, costas, parte medial do joelho, peito, bochechas, queixo, pernas e tornozelos. Em alguns casos, a lipoaspiração é realizada isoladamente, em demais casos, ela é usada com procedimentos de cirurgia plástica tais como o facelift, a redução de mama ou a abdominoplastia.

O procedimento é indicado para mim?

Se você está incomodado com o excesso de acúmulo de gordura – localizado em qualquer lugar de seu corpo – e não vê resultados positivos com dieta ou prática de exercício físico, a lipoaspiração pode ser indicada para você.

Candidatos ideais à lipoaspiração são:

  • adultos, com 30% do seu peso ideal, que têm a pele firme e com bom tônus muscular,
  • indivíduos saudáveis que não tenham doença com risco de vida ou condições médicas que possam prejudicar a cicatrização,
  • não fumantes,
  • indivíduos com atitude positiva e expectativa realista do resultado cirúrgico,
  • indivíduos determinados a seguir as recomendações do cirurgião plástico.

Preparando-se para a cirurgia

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

  • fazer exames de laboratório ou avaliação médica,
  • tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,
  • parar de fumar bem antes da cirurgia,
  • evitar tomar aspirina e alguns anti-inflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

O que acontece durante a cirurgia de lipoaspiração?

Etapas do procedimento

Etapa 1 – Anestesia

Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa ou anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Incisão

A lipoaspiração é realizada através de pequenas incisões, imperceptíveis.

Primeiramente, solução líquida estéril é infundida para reduzir o sangramento e o trauma. Em seguida, um tubo oco fino (cânula) é inserido através destas incisões para soltar o excesso de gordura, utilizando um controlado movimento de vaivém.

A gordura deslocada é, então, aspirada para fora do corpo, utilizando um aspirador cirúrgico ou seringa ligada à cânula.

Etapa 3 – Resultados

A melhora do contorno corporal será aparente quando o inchaço e a retenção de líquido diminuírem. Com práticas contínuas de dieta saudável e de atividade física, a perda de tecido adiposo em excesso deve ser preservada. No entanto, ganho de peso substancial pode alterar o resultado obtido com a cirurgia.

Recuperação

Malha de compressão ou bandagens elásticas são colocadas nas áreas tratadas na finalização do procedimento, pois ajudam a controlar o inchaço e a comprimir a pele.

Ademais, um pequeno dreno pode ser colocado nas incisões existentes por debaixo da pele para remover qualquer excesso de sangue ou de fluido.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica