Conheça os tipos de cirurgia plástica no rosto

Conheça os tipos de cirurgia plástica no rosto

07/12/2016

A cirurgia plástica no rosto pode ser realizada de diversas formas e com diferentes objetivos. Existem, pelo menos, dez tipos de cirurgias plásticas que podem ser feitas na face, sem contar os procedimentos minimamente invasivos, a cirurgia de correção de cicatriz e a de correção do lábio leporino. A seguir, você encontra a lista completa com um breve resumo sobre cada procedimento.

10 alternativas de cirurgia plástica no rosto

Bichectomia

A face apresenta diversos compartimentos de gordura que funcionam como sistema de proteção. Um deles se estende quase que ao longo de toda a superfície lateral do rosto, desde a têmpora até próximo à mandíbula, e se chama Bola ou Bolsa de Bichat. Na região das bochechas é onde se apresenta com maior espessura. Quando em grande volume, causa um aspecto mais arredondado ao rosto. A bichectomia é a cirurgia plástica no rosto que retira parte desse compartimento de gordura, com o objetivo de modificar e/ou afinar o contorno facial.

Cirurgia de nariz

A rinoplastia melhora a aparência e a proporção do nariz, realçando a harmonia da face. A cirurgia do nariz também pode corrigir dificuldades respiratórias causadas por anormalidades estruturais ou lesão.

Cirurgia de orelha

A otoplastia melhora a forma, a posição ou as proporções das orelhas. A cirurgia corrige um defeito na estrutura das orelhas presente desde o nascimento e que se torna aparente com o desenvolvimento, mas também trata deformidades causadas por lesão ou trauma.

Cirurgia de pálpebra

A blefaroplastia melhora a aparência das pálpebras superiores, das pálpebras inferiores ou de ambas. Proporciona aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos, fazendo com que o olhar pareça mais descansado.

Cirurgia de queixo

A mentoplastia é a cirurgia plástica no rosto que remodela o queixo utilizando implantes ou o próprio osso para avançar ou recuar a estrutura local. Frequentemente, a cirurgia do queixo é recomendada junto à do nariz para atingir proporções faciais mais equilibradas (o tamanho do queixo pode aumentar ou diminuir o tamanho aparente do nariz).

Implantes faciais

Os implantes definem o rosto, aumentam a projeção e criam características faciais mais marcadas e distintas. A cirurgia beneficia pessoas que se sentem insatisfeitas com um queixo pequeno, a mandíbula pouco marcada ou a falta de um contorno facial. Qualquer área do rosto pode ser aumentada com implantes, mas as maçãs do rosto, o queixo e a mandíbula são os locais mais operados.

Lifting de sobrancelhas

O lifting consiste na elevação e/ou reposicionamento dos supercílios. Pode ser realizado através de diversas técnicas, que diferem-se pelas vias de acesso e objetivos específicos.

Lifting de testa

Também é conhecido como lifting frontal. A cirurgia minimiza vincos, melhora linhas de expressão e rugas, reposiciona a região frontal baixa ou flácida e eleva as sobrancelhas.

Lifting facial

A ritidoplastia é um procedimento cirúrgico para melhorar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e pescoço, como flacidez, vincos profundos, excesso de gordura e perda de tônus muscular. Pode ser realizado em conjunto com o lifting de testa e a blefaroplastia, por exemplo.

Tumores cutâneos

Consiste na retirada, parcial ou total, de lesões de pele, quer sejam benignas ou malignas, respeitando as características da doença em questão e buscando o melhor resultado para a aparência. Tumores benignos podem ser nevos (pintas), siringomas, queloides, lipomas, cistos, entre outros. Dentre as lesões malignas, os tumores mais comuns são o carcinoma basocelular, o carcinoma epidermoide ou espinocelular e o melanoma.