Como escolher o cirurgião plástico certo

Como escolher o cirurgião plástico certo

01/08/2016

É considerável o número de pessoas que ficam insatisfeitas com o resultado da cirurgia plástica depois de realizá-la. Parte desse desgosto se deve à falta de cuidado na hora de escolher o cirurgião plástico. A tendência é de a satisfação após o procedimento ser menor quando o cirurgião plástico não é qualificado e não detém experiência como cirurgião plástico. Isso, sem falar nos erros que podem ocorrer pelo despreparo do profissional.

Um levantamento do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) revela que, entre janeiro de 2001 e julho de 2008, dos 289 processos médicos envolvendo cirurgias plásticas, apenas 2,1% foram feitas de fato por cirurgiões especializados. Os demais foram procedimentos feitos por profissionais de outras áreas.

Dicas para escolher o cirurgião plástico

Esse é um detalhe muito importante e ao qual uma pessoa que decide se submeter a uma cirurgia plástica precisa estar muito atenta. Um cirurgião plástico especialista em cirurgia plástica deve passar por uma formação específica após a formatura na faculdade de medicina. O primeiro passo é a realização de dois anos de residência médica em cirurgia geral. O segundo é a conclusão da residência médica em cirurgia plástica (são mais três anos de estudo). O terceiro é conquistar a aprovação na prova escrita e oral aplicada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Associação Médica Brasileira para ser considerado, de fato, um especialista em cirurgia o plástica.

A certificação do médico pela SBCP é uma segurança, pois significa que a pessoa será atendida por um profissional que teve acesso à formação certificada e rigorosa, está habilitado para realizar todo tipo de cirurgia plástica, trabalha submetido a um código de ética e realiza as cirurgias somente em instalações médicas credenciadas, com centros cirúrgicos autorizados pela Vigilância Sanitária, com equipamentos e equipe treinada para qualquer intercorrência.

A Sociedade mantém uma área somente para busca dos cirurgiões plásticos membros da SBCP no site. É válido fazer a mesma consulta na página do Conselho Federal de Medicina (CFM) na internet para verificar se o médico está registrado no CFM. É outra forma de se certificar de que o cirurgião plástico escolhido para realizar o procedimento é mesmo habilitado.

Dar atenção a essas orientações evita escolher um cirurgião plástico sem capacitação, que a saúde seja colocada em risco e que a cirurgia plástica gere complicações ainda mais difíceis de solucionar. Significa investir no próprio bem-estar!