Como é a cirurgia para diminuir os lábios

Como é a cirurgia para diminuir os lábios

18/01/2018

A cirurgia para diminuir os lábios é, também, conhecida como queiloplastia redutora. O procedimento pode ser utilizado para outros fins, como o aumento dos lábios, a correção da “boca torta” (uma espécie de paralisia facial) e para o aumento dos cantos da boca, no intuito de formar uma espécie de sorriso constante.

Quando o volume dos lábios é naturalmente excessivo, ainda que por uma percepção da paciente, é possível alterar a simetria dos lábios para que eles fiquem em harmonia com o resto do rosto.

Como é realizada a cirurgia para diminuir os lábios?

A queiloplastia redutora é realizada com uma incisão na parte interna dos lábios, de onde é retirado um pedaço da mucosa em excesso. Após essa remoção, a incisão é suturada. O cirurgião plástico utiliza anestesia local para realizar o procedimento e não há necessidade de a paciente ficar internada posteriormente.

Como é o pré e o pós-operatório da queiloplastia redutora?

No pré-operatório da cirurgia para diminuir os lábios, a paciente e o médico definem quais são as alterações e os resultados possíveis após o procedimento. Também são realizados exames de rotina e é feita uma avaliação de risco cirúrgico e de pré-anestesia.

Nos instantes que antecedem a cirurgia, a paciente deve:

  • chegar no horário informado de sua internação;
  • respeitar o período de jejum;
  • comunicar ao médico, o quanto antes, qualquer anormalidade em sua saúde física e psicológica;
  • evitar maquiagem no dia da internação;
  • evitar o uso de brincos, alianças e outros acessórios;
  • evitar fumar, ingerir bebidas alcoólicas e comidas gordurosas nos dias que antecedem sua queiloplastia;
  • informar ao seu médico sobre as medicações das quais faz uso e seguir as instruções acerca da ingestão delas.

Logo após a cirurgia de queiloplastia, é comum que a região apresente edemas e que alguns curativos tenham de ser usados. Sendo assim:

  • é possível usar compressas de solução fisiológica fria;
  • mantenha a sua alimentação normal e equilibrada;
  • evite alterações bruscas de temperatura e exposição à luz solar;
  • evite dormir de lado;
  • obedeça as recomendações médicas e realize o retorno conforme indicação de seu especialista.

O retorno ao médico é um dos elementos essenciais para se obter um resultado adequado e realizar a boa manutenção da queiloplastia. Para evitar inflamações, o cirurgião deve recomendar o uso de anti-inflamatórios e antibióticos, que devem ser tomados rigorosamente segundo as orientações do médico.

Já é possível retornar às atividades normais após cinco dias da cirurgia. Contudo, os exercícios físicos devem ser evitados nas primeiras semanas, para não comprometerem a cicatrização. Normalmente, os pontos são retirados após sete dias e a cicatriz fica escondida na parte interna da boca, sendo praticamente imperceptível.

Quais são os possíveis riscos da cirurgia?

Os principais riscos, ao se realizar a cirurgia para diminuir os lábios, são:

  • infecções;
  • hematomas;
  • resultado alheio ao esperado.

Para evitar que qualquer um destes riscos venha a se tornar realidade, o mais indicado é realizar a queiloplastia redutora com um cirurgião referenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e que tenha vasta experiência neste tipo de procedimento.